A Mercedes anunciou hoje que Bob Bell deixará a sua direção técnica em novembro, com os alemães a atribuírem as suas funções ao também norte-irlandês Paddy Lowe, que já lidera a parte técnica.
Bell, de 58 anos, ocupou o cargo em abril de 2011, compartilhando essa responsabilidade até 2013 com Ross Brawn, que se reformou no fim do ano, sendo substituído por Paddy Lowe, que agora assume total controlo.
Bell, que não revela pistas quanto ao seu futuro, já tinha passado pela McLaren, Jordan, Benetton e Renault, principalmente nas duas épocas vitoriosas de Fernando Alonso (2005 e 2006).
O anúncio surge depois de a Ferrari ter igualmente anunciado a saída de Stefano Domenicali dos seus quadros.
A Mercedes venceu as três primeiras provas do Mundial de Fórmula 1 do corrente ano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.