O português Miguel Oliveira (KTM) ficou-se hoje pelo 20.º melhor tempo entre os 24 pilotos que participam este fim de semana no Grande Prémio da Catalunha de MotoGP, sétima prova do Mundial.

O piloto de Almada melhorou 589 milésimos de segundo entre as duas sessões de hoje, mas, mesmo assim, não subiu na tabela de tempos, sendo 20.º em ambas.

Na primeira sessão fez 1.41,920 minutos, a 1,228 segundos do espanhol Marc Márquez (Honda), o único a não conseguir melhorar o seu tempo na segunda, na qual Oliveira marcou 1.41,331, a 1,252 do francês Fabio Quartararo (Yamaha), que na última volta conseguiu o melhor tempo do dia.

"O treino de hoje foi muito apertado. A diferença para o primeiro classificado não é muita, mas nós queremos mais", explicou o piloto da KTM.

Para sábado, Miguel Oliveira explica que vai "continuar a trabalhar no 'feeling' da mota e no funcionamento". "Sobretudo nas curvas rápidas, que é onde parece que estamos a perder mais tempo", disse.

O piloto de Almada queixou-se, ainda, de que "as condições da pista estão diferentes das do ano passado, com o piso mais escorregadio, e isso altera as referências".

Com seis provas já disputadas, Miguel Oliveira ocupa a 19.ª posição do campeonato na sua época de estreia em MotoGP, com oito pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.