O português Miguel Oliveira (Mahindra) fez hoje o sexto melhor tempo da qualificação para a corrida de Moto3 do Grande Prémio de Itália, quinta prova do Mundial de motociclismo, que se realiza no domingo.

No circuito de Mugello, o piloto de Almada rodou na sua melhor volta em 1.58,480 minutos, um registo quase nove décimos de segundo mais lento do que o alemão Jonas Folger (Kalex KTM), que vai largar da "pole position" à frente dos espanhóis Maverick Viñales e Axel Rins, ambos em KTM.

Folger, quarto classificado do Mundial, foi cronometrado em 1.57,603, enquanto Viñales, líder do campeonato, foi 66 centésimos mais lento. Rins gastou quase mais meio segundo do que o germânico.

Miguel Oliveira, décimo classificado do Mundial, com 20 pontos, menos 70 do que Viñales, fez o seu melhor tempo na segunda das oito voltas que completou em Mugello e liderou quase toda a qualificação, mas viu o seu registo batido na parte final da sessão.

O piloto luso pontuou apenas nas duas primeiras provas do Mundial (sétimo no Qatar e nono nas Américas) e ficou fora dos pontos em Espanha (16.º), antes de abandonar em França devido a uma queda logo no arranque, numa prova em que partiu da segunda posição da "grelha".

O Grande Prémio de Itália de Moto3 disputa-se no domingo, a partir das 11h00 (10h00 em Lisboa), e será composto por 20 voltas ao traçado de Mugello, cujo perímetro é de 5,245 quilómetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.