A Ducati está a preparar alterações ao motor da Desmosedici e a “nova mota” deverá estar pronta a tempo do GP de Laguna Seca, nos Estados Unidos.

Os pilotos estão satisfeitos com as melhorias, nomeadamente a maior potência, e Filipo Prezioso, diretor geral e técnico da marca italiana, sublinha os planos da Ducati:

«Estamos a trabalhar para melhorar a pilotagem. Um desses pontos é um motor com mais binário em regimes baixos e menos potência nos regimes altos. Normalmente, neste tipo de motor dá melhor pilotagem. O motor que temos agora tem muito binário mesmo nas baixas rotações e não temos mais porque o binário é mais aquele que o chassis consegue usar. Por esse motivo, há um ponto de interrogação ao qual só os pilotos podem responder – se faz sentido aumentar o binário e reduzir a potência, mesmo com este tipo de motor? Por isso estamos muito interessados em testar este motor para termos esta pergunta respondida.»

O técnico explicou ainda como as características do novo motor devem ajudar os pilotos em pista:

«Acreditamos que o comportamento do motor vai ajudar quando se está na inclinação máxima e se abre o acelerador. Ter uma resposta mais macia pode ajudar a evitar isso, quando se está na inclinação máxima, o pneu começa a patinar e a moto começa a subvirar. Mas estamos a fazer outras coisas no chassis para reduzirmos a subviragem.»

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.