O piloto português Pedro Lamy (Ferrari) venceu hoje a categoria Pro Am das 12 Horas de Bathurst, na Austrália, prova de abertura das Intercontinental GT Challenge.

Pedro Lamy, que partilha o volante do Ferrari 488 GT3 da equipa Spirit of Race, concluiu na nona posição da geral, primeiro da classe, depois de recuperar de um acidente sofrido ainda nos treinos livres, na sexta-feira, que valeu uma penalização de dez lugares na grelha de partida.

"A qualificação também não correu como esperado e acabámos por arrancar do final da grelha. Na corrida demonstrámos que tínhamos um carro muito rápido e fiável e a equipa adotou uma boa estratégia desde o início. Assim, conseguimos ir conquistando lugares e alcançar o topo da classificação, posição que conseguimos manter até ao final. Foi um excelente resultado numa corrida tão desafiante como Bathurst", declarou o piloto português, que dedicou o triunfo à sua avó, que faleceu no sábado.

Esta foi a primeira das cinco corridas deste campeonato, o único de caráter internacional que segue as especificações da categoria GT3 da Federação Internacional do Automóvel.

O australiano Matt Campbell, o alemão Dirk Werner e o norueguês Dennis Olsen, com um Porsche, venceram a corrida.

A próxima ronda será nos Estados Unidos, nas 8 Horas de Laguna Seca, de 28 a 30 de março.

No entanto, Lamy regressa à competição ao volante do Aston Martin para a primeira prova de 2019 do Campeonato do Mundo de Resistência (WEC), as 1.000 Milhas de Sebring, em 15 de março.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.