O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu hoje o Grande Prémio do Canadá, sétima prova do Mundial de Fórmula 1, graças a uma penalização de cinco segundos aplicada ao alemão Sebastian Vettel (Ferrari), primeiro a cortar a meta.

O alemão falhou uma travagem na volta 48, quando liderava, saiu de pista e, ao reentrar, quase acertou em Hamilton, que vinha em segundo. Os comissários consideraram que foi uma manobra perigosa do piloto da Ferrari e aplicaram uma penalização de cinco segundos.

Foi o suficiente para Lewis Hamilton vencer, pois cortou a meta a 1,342 segundos de Vettel, e reforçar o comando do campeonato do mundo.

O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) foi o terceiro, a 6,038 segundos de Vettel.

Esta foi a quinta vitória em sete corridas esta temporada para Hamilton, que conta com 78 triunfos na carreira.

O britânico tem, agora, 162 pontos, contra os 133 do finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), quarto classificado no Canadá.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.