O piloto canadiano Nicholas Latifi vai reforçar a equipa da Williams no Mundial de Fórmula 1 em 2020, anunciou hoje a construtora britânica, no circuito de Yas Marina, palco no último Grande Prémio da temporada.

Aos 24 anos, o piloto natural de Montreal, vai ocupar o lugar do polaco Robert Kubica e fazer dupla com o inglês George Russell, depois de este ano já ter realizado seis sessões de treinos livres ao volante de um Williams, passando o ser o único estreante no campeonato na grelha da próxima época.

“Na Williams, cada um de nós ficou impressionado com o que ele fez este ano na Fórmula 2, assim como com seu compromisso com a nossa equipa. Nicholas tornou-se um membro bem estabelecido e respeitado da Williams e estamos ansiosos pelo seu novo papel”, assinalou a responsável da equipa, Claire Williams.

Por sua vez, Litifi mostrou-se “extremamente ansioso por conduzir um novo carro” na temporada de 2020, confessando que “o sonho se tornou realidade”.

Também na Renault houve uma mudança, com o francês Esteban Ocon a preencher a vaga deixada pelo alemão Nico Hulkenberg.

O campeonato termina no próximo fim de semana, no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.