Manuel Marinheiro, presidente da Federação Portuguesa de Motociclismo, acredita que a prova de MotoGP em Portimão tem todas as condições para permanecer no Algarve por muitos e bons anos.

"A partir de 2022 já estava programado e já há um pré-acordo para começar a ser circuito permanente. Se for viabilizado financeiramente está tudo preparado para que tenhamos a prova de MotoGP todos os anos", começa por nos dizer.

Com a prova interdita a público pelo segundo ano consecutivo e apesar de considerar que sem público "não é a mesma coisa",  Manuel Marinheiro espera que as limitações possam ser ultrapassadas em 2022. Para já temque  se "obedecer e cumprir com as normas que são estabelecidas", sublinha.

"Se havia condições para haver público? A minha área não é essa. Nas áreas das condições sanitárias têm que ser as entidades competentes a decidirem, a nós compete-nos obedecer e cumprir com as normas que são estabelecidas. Em termo leigos parece-me que sim. O autódromo tem inúmeros lugares mas temos que respeitar aquilo que são as orientações da DGS e das entidades competentes. (...) Este ano é um novo ano e temos que olhar para o futuro e esperar que no próximo ano possa haver público e que não tenhamos estas limitações", atirou.

No que diz respeito ao que pode fazer Miguel Oliveira, depois da vitória no ano passado, o líder da Federação acredita que há condições para o piloto português repetir o feito. "Tem condições para ganhar e para lutar. É isso que ele pretende e que todos nós pretendemos e vamos apoiá-lo também nesse sentido. São os melhores que aqui estão, ele é um deles e tudo fará para ganhar estou certo disso", afirma.

Sobre o regresso de Marc Márquez, Manuel Marinheiro acredita que o espanhol depois de um ano de paragem devido a lesão vai tentar "superar-se e tentar a vitória", embora para o dirigente "isso não seja provável", contudo deixa uma ressalva:  "Neste desporto tudo pode acontecer."

O GP de Portugal de MotoGP decorre até domingo, no Autódromo Internacional do Algarve.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.