O espanhol Marc Marquez (Honda) venceu hoje o Grande Prémio da República Checa de MotoGP, 11.ª prova do Campeonato do Mundo, somando a quarta vitória seguida, para reforçar a liderança.
O jovem prodígio espanhol, que já leva cinco triunfos na temporada, tornou-se aos 20 anos o mais novo piloto a alcançar quatro vitórias consecutivas na categoria rainha do motociclismo de velocidade.
Marquez completou as 22 voltas (118,9 km) em 42.50,729 minutos, batendo por 313 milésimos o seu compatriota Dani Pedrosa (Honda), vencedor em Brno na época passada, e por 2,277 segundos o também espanhol Jorge Lorenzo (Yamaha), campeão do Mundo em título.
O veterano italiano Valentino Rossi (Yamaha), sete vezes campeão mundial, terminou na quarta posição, à frente do espanhol Alvaro Bautista (Honda), enquanto o britânico Cal Crutchlow (Yamaha), que partiu da "pole", caiu na oitava volta e não foi além do 17.º lugar.
Marquez passou a somar 213 pontos, ampliando a vantagem sobre Pedrosa (167) e Lorenzo (153).
Partindo da quinta posição, o detentor do título tomou a liderança na primeira curva, mas ficou sob constante assédio dos pilotos da Honda e acabou por ceder o primeiro lugar a Marquez entre a 16.ª e a 17.ª volta e em definitivo à 19.ª.
Na volta seguinte, não conseguiu travar a ultrapassagem de Pedrosa, que deu a "dobradinha" à Honda.
O Grande Prémio da Grã-Bretanha, 12.ª das 18 provas do calendário do Mundial, disputa-se a 01 de setembro, no circuito de Silverstone.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.