A fabricante nipónica Suzuki anunciou esta segunda-feira o seu regresso à competição no Mundial de MotoGP em 2015, após dois anos de ausência.

A marca anunciou o italiano Davide Brivio como responsável desportivo da equipa, o francês Randy de Puniet e o japonês Nobuatsu Aoki como pilotos de teste da nova mota, apresentada hoje.

A nova moto com um motor de quatro cilindros em linha e 1.000 cc, já integrou hoje os testes oficiais no circuito da Catalunha, em Barcelona.

A última vitória da Suzuki no MotoGP foi em 2000, pelas mãos de Kenny Roberts.

O retorno da Suzuki, que se juntará a Honda, Yamaha e Ducati, dará ao MotoGP pelo menos quatro grandes fabricantes na competição máxima do motociclismo de velocidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.