A Suzuki voltou a vencer as 24 Horas de Le Mans em motos, depois do triunfo em 2015, ao ganhar a corrida através da escuderia Yoshimura-SERT, composta pelos pilotos Gregg Black, Xavier Simeon e Sylvain Guintoli.

A equipa com um número 1 liderou praticamente toda a 44.ª edição da corrida, a primeira prova do campeonato do mundo de resistência, tendo ainda beneficiado do abandono da Yamaha número 7 da Yart, na noite de sábado, e dos problemas com a Honda número 5, detentora do título, ao longo do fim de semana.

O restante pódio foi ocupado pela Kawasaki número 11, que foi segunda, e pela BMW número 37, que terminou no terceiro lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.