O piloto belga Thierry Neuville (Hyundai i20) conseguiu hoje a primeira vitória da temporada ao ganhar o Rali de Ypres, oitava de 12 rondas do Mundial de ralis.

Neuville, que dominou toda a prova, terminou com o tempo de 2:30.24,2 horas, deixando o segundo classificado, o irlandês Criag Breen (Hyundai i20), a 30,7 segundos.

O finlandês Kalle Rovanperä (Toyota Yaris) foi terceiro, a 43,1 segundos.

“Senti alguma pressão ao vir aqui [correr em casa], mas fiquei bastante confortável todo o fim de semana. Esta vitória deveria ter chegado mais cedo, mas tivemos azar”, frisou Neuville que, com este resultado, apanhou o britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris) no segundo lugar do campeonato, com 124 pontos.

Na liderança continua o francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris), apesar de nesta prova ter sido apenas quinto classificado e o terceiro entre os Toyota.

Ogier terminou a 55,8 segundos do vencedor, mas somou quatro pontos extra na ‘power stage’, por ter sido o segundo mais rápido.

“A afinação inicial não era a mais adequada, mas conseguimos somar pontos importantes”, destacou o piloto gaulês, que tem, agora, 162 pontos, quando faltam quatro rondas.

Este último dia foi dominado pelo estónio Ott Tänak (Hyundai i20), que no sábado sofreu um furo que o atrasou irremediavelmente na luta pela vitória. Ainda assim, o antigo campeão mundial venceu três das quatro especiais de hoje, incluindo a ‘power stage’, o que lhe valeu cinco pontos extra para o campeonato, além dos oito correspondentes ao sexto lugar em que terminou.

A próxima jornada é o Rali da Acrópole, na Grécia, de 09 a 12 de setembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.