O piloto português Tiago Monteiro (Honda) terminou na 15.ª posição a edição de 2020 da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR), cuja última prova decorreu hoje no circuito Motorland de Aragão, em Espanha.

Tiago Monteiro abandonou na primeira das três corridas do dia devido a um problema mecânico, terminando as duas seguintes em 10.º e 12.º lugares.

O francês Yann Ehrlacher (Lynk & Co) bateu o tio Yvan Muller (Lynk & Co) e venceu a Taça do Mundo de Carros de Turismo, tornando-se, aos 24 anos, o mais jovem de sempre a vencer a competição.

"Estamos muito mais unidos enquanto equipa. Fomos evoluindo e melhorando ao longo do ano e isso é um resultado importante do nosso trabalho. Tivemos altos e baixos e fizemos um esforço muito grande para conseguir ajudar o [argentino] Esteban [Guerrieri]. Fizemos os possíveis e estivemos muito perto, mas, no final, faltou uma pontinha de sorte e não conseguimos esse objetivo. Agora importa analisar todo o trabalho e refletir sobre este ano tão pouco comum", explicou Tiago Monteiro.

Na classificação final da competição, Ehrlacher somou 234 pontos, contra 195 de Muller. Já Tiago Monteiro terminou o campeonato na 15.ª posição, com os mesmos 79 pontos do que o 14.º, o italiano Gabrielle Tarquini (Hyundai).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.