Max Verstappen foi obrigado a retratar-se e pedir desculpas a todos os brasileiros, depois de ter ´descarregado` a sua frustração em Felipe Massa após a qualificação falhada para o Grande Prémio do Bahrein em Fórmula 1. O jovem piloto holandês atirou-se ao veterano brasileiro da Williams por entender que este o teria prejudicado em pista.

"Bom, ele é brasileiro, então não há muito a dizer...", comentou na altura, Verstappen. Uma declaração que não caiu bem em Massa.

"Eu disse-lhe: ´tem cuidado com o que dizes porque ainda vais ter de ir correr ao Brasil. Cuidado com o que dizes`. Não foi correto falar dos brasileiros sem saber sequer do que estava a falar. E em segundo lugar, ele não sabia mesmo do que estava a falar porque eu nem o atrapalhei. Disse-lhe ´aconteceu a mesma coisa entre mim e o Hulkenberg. Vê lá se está alguém a reclamar um do outro? ` Antes de abrir a volta, tens de estar na melhor posição possível. Se não conseguires, a culpa é tua", disse o veterano piloto brasileiro.

O holandês da Red Bull já reconheceu o seu erro e pediu desculpas.

"Fiquei muito desapontado com a minha prestação na última volta e tive uma reação emocional que foi tirada do contexto. Nunca pretendi ofender o povo brasileiro. Peço desculpa a todos que se sentiram ofendidos e espero, ansiosamente, voltar a correr no vosso país. De modo algum quis insultar os brasileiros, um povo que respeito imenso e que sempre foi muito simpático comigo sempre que visitei o país. Um dos melhores momentos da minha carreira foi, há uns anos, o Grande Prémio do Brasil, sendo um momento ainda mais especial por ter sido vivido no país que nos deu pilotos lendários como Senna, Fittipaldi e Piquet", escreveu Verstappen nas redes sociais.

Veja também

Em destaque

Comentários