Logo na primeira volta, Valtteri Bottas 'roubou' a liderança a Lewis Hamilton para nunca mais a largar. O finlandês terminou as 58 voltas com 21,366 segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipa, dando assim a dobradinha para a Mercedes.

Max Verstappen (Red Bull) levou a melhor sobre Sebastien Vettel (Ferrari) e ainda ameaçou o segundo posto de Hamilton, mas ficou no último lugar do pódpio. Vettel foi quarto, a 57,109 segundos, mas terminou pressionado pelo seu companheiro de equipa, o monegasco Charles Leclerc. O piloto mais novo de sempre a chegar à equipa italiana, com apenas 21 anos, levantou o pé nas últimas três voltas após indicação da equipa, cruzando a meta a 58,230 segundos do vencedor.

Veja o resumo do Grande Prémio da Austrália em Fórmula 1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.