Pela segunda vez nos últimos sete anos, Portugal será o anfitrião da grande festa da Orientação em BTT mundial, juntando num só evento mais de 400 atletas de 21 países. Em busca dos melhores resultados, os participantes dividem-se pelo Campeonato do Mundo de Orientação em BTT – e que é, simultaneamente, a 2ª ronda da Taça do Mundo de Orientação em BTT 2016 -, Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação em BTT , Campeonato da Europa de Jovens de Orientação em BTT e ainda duas etapas pontuáveis para as World Masters Séries, nas categorias de Veteranos.

Procurando responder à confiança nela depositada pela Federação Internacional de Orientação, a Federação Portuguesa de Orientação elegeu os concelhos de Águeda, Cantanhede e Mealhada para a realização do evento, reconhecendo desta forma um território geográfico que junta à beleza natural e paisagística, um elevado potencial para a prática da modalidade, com terrenos de elevada qualidade técnica e uma orografia muito particular, que certamente proporcionarão grandes desafios aos competidores.

Para os autarcas locais, a prova vale pela promoção da modalidade, mas também pela promoção da região como um todo. “Este é um bom exemplo de parceria na promoção de um território, com todas as condições para colocar a Bairrada no mapa”, afirma João Moura, autarca de Cantanhede, a propósito da parceria entre os três municípios. Também Edson Santos, vereador da Câmara de Águeda, sublinhou as implicações “a nível do desenvolvimento das economias locais”, enquanto Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, considera esta “uma oportunidade de mostrarmos o que temos de melhor a umas centenas de pessoas de diversas nacionalidades”, refere.

O programa e as estrelas

O programa competitivo do 14º Campeonato do Mundo de Orientação em BTT arranca na segunda-feira, dia 25 de Julho, em Cantanhede, com as provas de Sprint. Águeda recebe, de 27 a 29 de Julho, as provas de Distância Média e Distância Longa, ficando as provas de Estafeta guardadas para o dia 30 de julho, com partidas e chegadas instaladas no centro da Mealhada, encerrando a competição em ambiente de grande festa.

78 atletas masculinos e 53 femininos competirão em Portugal em busca dos títulos Mundiais de Elite, sendo legítimo afirmar que o evento português reunirá um dos melhores leques de atletas de sempre, com os 25 melhores classificados dos rankings mundiais masculino e feminino presentes, à exceção da finlandesa Susanna Laurila, nº 7 ranking feminino. Líder do ranking mundial masculino, o italiano Luca Dallavalle defende em Portugal a medalha de ouro conquistada na prova de Sprint em 2015, em Liberec, República Checa. Recorde-se que Portugal é uma espécie de talismã para Dallavalle que aqui alcançou, em Montalegre, em 2010, a primeira medalha da história da Orientação em BTT italiana em Campeonatos do Mundo, na sequência do terceiro lugar na prova de Distância Média.

Outro grande nome presente na competição é o de Anton Foliforov, ex-líder do ranking mundial e Campeão do Mundo em título de Distância Média e de Distância Longa. Também ele começou a escrever em Portugal uma carreira dourada, alcançando em Montalegre a primeira das seis medalhas de ouro individuais conquistadas até ao momento em Campeonatos do Mundo.

Davide Machado, a grande esperança portuguesa

No setor feminino, a checa Martina Tichovska competirá em Portugal na defesa dos seus títulos mundiais de Sprint e de Distância Longa, procurando igualmente manter a liderança do ranking mundial. As sua maiores adversárias serão a britânica Emily Benham e a francesa Gaëlle Barlet, segunda e terceira classificadas do ranking mundial feminino, sendo esta última a atual detentora do título mundial de Distância Média.

Após uma longa pausa nesta que é a mais importante competição de Orientação em BTT do calendário da Federação Internacional de Orientação, a Suiça Christine Schaffner surge em busca dos lugares cimeiros que ocupou entre os anos de 2006 e 2012 e que lhe valeram cinco medalhas de ouro individuais e um título mundial de Estafetas. Melhor só mesmo a austríaca Michaela Gigon, a mais “dourada” atleta de sempre nesta disciplina, com oito títulos individuais e um de Estafetas. Ambas foram campeãs do mundo em Montalegre e ambas regressam a Portugal seis anos depois. Também o Checo Krystof Bogar e a Russa Olga Shipilova Vinogradova são regressos à alta roda da Orientação em BTT mundial e que se saúdam entusiasticamente.

Quanto aos portugueses, as maiores esperanças estão depositadas em Davide Machado, atual nº 18 do ranking mundial e um atleta que se estreou em Campeonatos do Mundo precisamente em 2010, alcançando então um extraordinário 7º lugar na prova de Distância Longa. Depois disso foi 6º classificado no Sprint em 2011 e 5º na Distância Longa em 2011 e em 2012. Será desta que o português chega às medalhas?

A vez dos mais novos

Uma última nota para as categorias mais jovens, com 75 atletas incritos na 9ª edição do Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação em BTT e 65 atletas incritos no 2º Campeonato da Europa de Jovens de Orientação em BTT. Grande certeza da Orientação em BTT mundial, o sueco Oskar Sandberg vai procurar conservar os seus títulos mundiais Juniores de Distância Média e de Distância Longa e recuperar o título de Sprint conquistado em 2014, depois de o ter perdido no ano passado para o australiano Angus Robinson. No escalão Junior feminino, as Russas Alena Fedoseeva e Daria Mikryukova partem em busca da revalidação dos títulos mundiais de Distância Média e de Distância Longa, respetivamente, enquanto a checa Veronika Kubinova procurará alcançar o seu terceiro título consecutivo de Sprint.

Depois de Idanha-a-Nova, o Campeonato da Europa de Jovens de Orientação em BTT está de regresso ao nosso país para a realização da sua 2ª edição. Muitos dos atletas presentes na edição anterior transitaram já para a categoria junior, mas ainda assim teremos na Bairrada alguns nomes sonantes a defenderem os respetivos títulos europeus, casos do finlandês Eerik Nurminen (Sprint) e do russo Kirill Lepeshenko (Distância Média).

Nos vários campeonatos participam os seguintes países:

Australia, Austria, Czech Republic, Dinamarca, Estonia, Finlândia, França, Alemanha, Great Britain, Italia, Japão, Letónia, Lituânia, Noruega, Polónia, Portugal, Russia, Eslováquia, Espanha, Suécia, Suécia, Turquia, EUA e Hungria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.