O britânico Andy Murray conseguiu hoje o primeiro triunfo em singulares no circuito ATP desde a operação a uma anca, há oito meses, ao bater o norte-americano Tennys Sandgren na primeira ronda do torneio de Zhuhai, na China.

Murray, atual 413.ª da hierarquia, superou Sandgren, 69.ª da tabela, por 6-3, 6-7 (6-8) e 6-1, em duas horas e 40 minutos, num embate em que chegou a ter um ‘match point’, com 6-5, no ‘tie break’ do segundo ‘set’.

Após o regresso aos ‘courts’, o escocês, de 32 anos, tinha somado dois desaires em torneios ATP e dois triunfos e uma derrota no ‘challenger’ de Maiorca, em Espanha.

O derradeiro triunfo no circuito principal datava de 01 de janeiro, dia em que bateu o australiano James Duckworth por 6-3 e 6-4 nos 16 avos de final do torneio de Brisbane, na Austrália.

No primeiro mês do ano, e antes da operação, perdeu com o russo Daniil Medvedev nos ‘oitavos’ de Brisbane e com o espanhol Roberto Bautista-Agut na primeira ronda do Open da Austrália, primeiro ‘Grand slam’ de 2019.

Face ao triunfo sobre Sandgren, Murray, ex-número 1 mundial e vencedor de três torneios do ‘Grand slam’ (US Open de 2012 e Wimbledon em 2013 e 2016), vai defrontar nos ‘oitavos’ de Zhuhai o australiano Alex De Minaur, 31.º ATP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.