O tenista britânico Andy Murray disse hoje que já não sente dores na anca, após a operação no início do ano, e admitiu voltar a jogar.

"Estou sem dores, feliz e a aproveitar a vida", disse Murray, à BBC, à margem da maratona de Londres, na qual deu a partida.

Em janeiro, após o Open da Austrália, Murray admitiu que a lesão na anca obrigaria a uma operação, que poderia acabar com a sua carreira.

"Não sinto qualquer pressão para voltar a jogar, mas, se o meu corpo permitir, vou tentar", admitiu Murray, que disse que tem batido bolas "numa posição fixa" sem fazer qualquer movimentação.

Murray, de 31 anos, já admitiu que gostaria de voltar a jogar o torneio de Wimbledon, terceira prova do 'Grand Slam', que já venceu por duas vezes, em 2013 e 2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.