O tenista britânico Andy Murray disse hoje que não vai disputar o quadro de singulares do Open dos Estados Unidos, quarto torneio do 'Grand Slam' da temporada, no qual deverá jogar pares e pares mistos.

Murray anunciou a sua decisão pouco depois de ter sido eliminado pelo francês Richard Gasquet, em dois ‘sets’, na primeira ronda do Masters 1.000 de Cincinnati, no seu primeiro encontro de singulares em sete meses.

O vencedor de quatro ‘majors’, entre os quais o US Open de 2012, foi operado à anca em janeiro, depois do Open da Austrália, no qual admitiu que poderia não voltar a jogar ténis.

Após a operação, Murray voltou aos ‘courts’ no torneio de Queen’s, vencendo a prova de pares ao lado do espanhol Feliciano Lopez, e mais tarde, em Wimbledon, jogou pares mistos com a norte-americana Serena Williams.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.