O tenista britânico Andy Murray, número dois mundial, venceu hoje o Masters 1000 de Xangai, depois de bater o espanhol Roberto Bautista Agut, 19.º do ‘ranking’.

Frente à grande surpresa desta edição (eliminou o sérvio Novak Djokovic, líder do ‘ranking’, nas meias-finais), Murray ainda sentiu algumas dificuldades no primeiro ‘set’, que venceu por 7-6 (7-1), mas acabou por resolver o duelo com muito mais facilidade no segundo parcial, que ganhou por 6-1.

Murray, que ainda mantém viva a esperança de terminar o ano no topo da classificação mundial, venceu o torneio de Xangai pela terceira vez, depois de 2010 e 2011, tendo perdido a final de 2012.

Quanto a Bautista Agut, que disputou a primeira final de um torneio da categoria 1000, a mais importante depois dos ‘Grand Slam’, surgirá na segunda-feira no 13.º lugar da classificação mundial.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.