Argentina e Chile voltaram a defrontar-se, dois meses após a Copa América de futebol, mas desta vez num particular, disputado na quinta-feira em Los Angeles e que terminou numa igualdade sem golos.

As duas seleções tinham-se defrontado em 06 de julho, então no jogo de atribuição do terceiro lugar na Copa América, que os argentinos venceram por 2-1 e no qual Lionel Messi e o chileno Gary Medel foram expulsos.

No jogo de quinta-feira, a Argentina contou com o guarda-redes Agustin Marchesin, do FC Porto, a titular, e Marcos Acuña, do Sporting, foi suplente utilizado, entrando aos 75 minutos para o lugar de Nicolas Tagliafico, do Ajax.

Em outro particular entre sul-americanos, o Equador venceu o Peru, também em jogo disputado nos Estados Unidos, em Harrison, com o sportinguista Gonzalo Plata a sair já nos descontos, dando lugar a Campana, aos 90+1.

O Equador triunfou por 1-0, com golo de Erick Castillo, aos 47 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.