Um ativista pegou hoje fogo a um braço durante um jogo da Laver Cup entre os tenistas Stefanos Tsitsipas e Diego Schwartzman, como forma de protesto pelo uso de jatos privados no Reino Unido

Num momento em que os oponentes estavam recolhidos nos bancos, depois do grego ter ganhado o primeiro ‘set’, por 6-2, o jovem, envergando uma t-shirt com a frase “acabem com os jatos privados no Reino Unido”, entrou a correr no recinto de jogo e sentou-se junto à rede.

Posteriormente, pegou fogo a uma substância inflamável no seu braço, acabando por apagar essas chamas, antes da intervenção rápida dos seguranças, que apagaram um pequeno fogo no court e o conduziram para fora do recinto.

"Ele veio do nada. Não faço ideia do que queria ele. Eu nunca tinha experimentado um incidente como este no court. Espero que ele esteja bem", disse Tsitsipas, após ganhar também o segunda partida, e o encontro, agora com 6-1 sobre Schartzman, que permitiu à Europa aumentar a vantagem sobre o Resto do Mundo para 2-0.

Os árbitros da partida verificaram as condições do piso e a partida prosseguiu, depois de ter sido brevemente interrompida, e o invasor foi entregue à polícia.

A primeira jornada da Laver Cup envolve o último desafio da carreira de Roger Federer na vertente de pares, fazendo equipa com o seu amigo Rafael Nadal para defrontar os norte-americanos Jack Sock e Frances Tiafoe.

Veja as imagens!

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.