O tenista português Nuno Borges garantiu hoje a qualificação para os quartos de final do Maia Open II, no Complexo Municipal de Ténis da Maia, enquanto Gastão Elias e Gonçalo Oliveira ficaram pela segunda ronda.

Semifinalista do Maia Open I, Borges, 210.º colocado no ‘ranking’ ATP, somou mais um triunfo em casa, ao confirmar o favoritismo diante o italiano Eduardo Lavagno (586.º ATP) em dois ‘sets’, com os parciais de 6-3 e 6-2.

Graças à vitória em uma hora e oito minutos, o jovem maiato, de 24 anos e campeão do ‘challenger’ de Antalya, marcou encontro na fase seguinte da prova com o espanhol Nikolas Sánchez Izquierdo, 'carrasco' de Gastão Elias na segunda jornada.

Depois de desistir nos quartos de final no Maia Open I, devido a uma lesão no ombro direto, o tenista da Lourinhã (219.º ATP) foi surpreendido hoje pelo adversário, que figura no 316.º lugar na hierarquia mundial, em três partidas, pelos parciais de 6-1, 6-7 (5-7) e 6-3, ao cabo de duas horas e 21 minutos de desafio.

Tal como Elias, Gonçalo Oliveira (282.º ATP) não ‘sobreviveu’ à segunda ronda e acabou eliminado pelo alemão Sebastian Fanselow (365.º ATP), por 7-6 (7-3) e 6-4, ficando apenas Nuno Borges como único representante nacional no quadro de singulares do torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.