O espanhol Carlos Alcaraz, novo ‘prodígio’ do ténis mundial, foi hoje eliminado pelo norte-americano Sebastian Korda na segunda ronda do Masters 1.000 de Monte Carlo, somando apenas a terceira derrota da época na estreia no torneio monegasco.

Após beneficiar de um ‘bye’ na primeira ronda, o número 11 mundial e oitavo cabeça de série foi surpreendido por Korda, 42.º jogador ATP, perdendo com os parciais de 7-6 (7-2), 6-7 (5-7) e 6-3, em três horas e três minutos.

Campeão do Masters 1.000 de Miami, há 10 dias, Alcaraz só tinha perdido dois encontros esta temporada, contra o compatriota Rafael Nadal, nas meias-finais do Masters de Indian Wells, e contra Matteo Berrettini, na terceira ronda do Open da Austrália.

Nova sensação do ténis mundial, o ‘miúdo’ espanhol, que este ano também conquistou o torneio do Rio de Janeiro, esteve longe da sua melhor versão na primeira presença no torneio monegasco, com Korda a ‘vingar’ a derrota que sofreu em novembro na final das Next Gen ATP Finals.

“Ele bateu-me na final do Next Gen no ano passado, por isso é bom ter conseguido a ‘vingança’”, assumiu o norte-americano, que na próxima ronda irá defrontar o vencedor do embate entre o seu compatriota Taylor Fritz e o croata Marin Cilic.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.