O espanhol Carlos Alcaraz, atual n.º 1 do 'ranking' mundial de ténis, desistiu hoje nos quartos de final do Master 1000 de Paris, com manifestas dores na região abdominal, quando perdia com o dinamarquês Holger Rune.

Rune, 18.º da lista mundial, comandava por 6-3 e estava a vencer o ‘tie-break’ do segundo ‘set’ quando Alcaraz pediu para que se parasse o jogo, por não conseguir prosseguir.

Alcaraz foi massajado aquando da mudança de campo, na zonas das costelas, do lado direito, ainda tentou reagir mas decidiu-se mesmo pelo abandono.

O mais jovem líder do 'ranking' mundial de sempre, posição a que acedeu após o Open dos Estados Unidos, em setembro, poderá ter em causa a participação nas Finais de fim de época, de 13 a 20 de novembro, em Turim, Itália.

Nas duas primeiras rondas em Paris, 'Carlitos' tinha conseguido vitórias rápidas, pelo que nada levava a prever este desenlace.

Com Rafael Nadal derrotado logo de entrada, Carlos Alcaraz tinha ao seu alcance o garantir desde já que fechava o ano na liderança do 'ranking', caso triunfasse neste torneio parisiense, que está a decorrer em Bercy.

Aos 19 anos, Alcaraz teve até agora uma época excecional, com o triunfo no Grand Slam norte-americano e a conquista dos Masters 1000 de Miami e Madrid. Porém, desde o Open dos Estados Unidos tem estado menos bem, só com uma meia-final em Basileia, na semana passada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.