As portuguesas Magali de Lattre e Rita Vilaça qualificaram-se hoje para os quartos de final do Cantanhede Ladies Open em ténis, enquanto Joana Vale Costa e Bárbara Luz foram eliminadas.

Primeira cabeça de série, Magali De Lattre arrasou, com um duplo 6-1, a compatriota Cláudia Gaspar, vinda da fase de qualificação, enquanto Rita Vilaça justificou o “wild card” (convite da organização) ao eliminar a ‘lucky loser’ italiana Denise Mascherini, por 2-6, 6-2 e 6-4.

Sexta-feira, De Lattre defronta nos quartos de final a Polaca Sylvia Zagorska, de 22 anos, que hoje deixou pelo caminho a sua parceira de pares e compatriota Natalia Siedliska, por 6-1 e 6-4.

O Cantanhede Ladies Open esteve hoje muito perto de igualar o recorde da sua primeira edição, em 2009, de três portuguesas nos quartos de final, porque Joana Vale Costa dispôs de uma vantagem de um ‘break’ (3-1) no terceiro ‘set’ frente à terceira cabeça de série, a francesa Constance Sibille, antes de soçobrar por 6-0, 5-7 e 6-3.

No torneio de pares, De Lattre ainda chegou às meias-finais ao lado da equatoriana Mariana Correa, com a qual constituiu a dupla segunda cabeça de série, mas esta equipa foi hoje eliminada pelas norte-americanas Danielle Mills e Kayla Rizzolo, por 6-3 e 6-4.

O torneio de pares ficou, assim, sem portuguesas e Mills/Rizzolo defrontam na final a dupla polaca de Siedliska e Zagorska, que derrotou na outra meia-final as mexicanas Ximena Hermoso e Ivette Lopez, as primeiras cabeças de série, por 6-4 e 7-6 (7/3).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.