É este o balanço de Novak Djokovic à chegada à final do Sony Ericsson Open, onde vai encontrar o vencedor do duelo desta noite entre Rafael Nadal e Roger Federer. O sérvio de 23 anos, que subiu ao segundo lugar do ranking depois de ganhar o Open da Austrália, ainda não perdeu qualquer set nas cinco eliminatórias realizadas em Miami!

Ontem, Djokovic derrotou, por 6-3, 6-1, o norte-americano Mardy Fish (15.º), responsável pelas eliminações de Juan Martin del Potro e David Ferrer. Ao longo da hora e 25 minutos de jogo, Fish teve quatro break-points, mas não concretizou nenhum, o que contribuiu para alguma desmoralização diante da solidez de Djokovic.

Nos últimos 30 anos, somente dois jogadores fizeram melhor no início de uma época: os norte-americanos John McEnroe (39 encontros ganhos consecutivamente, em 1984) e Ivan Lendl (25 vitórias em 1986).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.