O sérvio Novak Djokovic, número um do 'ranking' ATP, iniciou esta segunda-feira a defesa do título de Wimbledon, terceira prova do 'Grand Slam', com um triunfo sobre o alemão Philipp Kohlschreiber, 33.º pré-designado, em três 'sets'.

Na relva do All England Club, em Londres, Djokovic precisou de uma hora e 58 minutos para bater o adversário germânico, com um triplo 6-4.

O tenista sérvio vai defrontar na segunda ronda o vencedor do encontro entre o australiano Lleyton Hewitt, campeão em 2002 e a disputar o seu último torneio de Wimbledon, e o finlandês Jarkko Nieminen.

Djokovic conquistou a prova inglesa em 2011 e 2014.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.