Novak Djokovic está entusiasmado com o encontro de beneficência que vai disputar com Rafael Nadal, no dia 14 de julho, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, e diz que o jogo é prova de que a rivalidade entre ambos é estritamente profissional.

«Somos grandes adversários mas respeitamo-nos. Esta iniciativa é uma grande oportunidade para que as pessoas possam comprovar a nossa boa amizade», afirmou o sérvio, que se revelou ansioso pelo encontro no Bernabéu.

«Não posso imaginar como será entrar em court com o Santiago Bernabéu cheio! Estou feliz por isso. Gosto de ajudar, e o Real Madrid e a fundação do Rafa [Nadal] criaram um grande evento, no qual estou contente por participar.»

O encontro realiza-se no próximo dia 14 de julho e visa estabelecer um novo recorde de assistências da modalidade, fixado em 35 681 numa partida de exibição entre a belga Kim Clijsters e a norte-americana Serena Williams, disputada em julho de 2010 no Estádio Rei Balduíno, em Bruxelas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.