O sorteio do quadro principal do Estoril Open, realizado hoje no Clube de Ténis do Estoril, ditou uma primeira ronda bastante complicada para os quatro tenistas portugueses com entrada direta na prova.

João Sousa, que com o 67.º lugar do ranking mundial lidera a comitiva portuguesa na competição, vai medir forças com o tenista russo Daniil Medvedev, oitavo cabeça de série e atual 48.º da hierarquia, que esta época já venceu o torneio de Sydney, na Austrália.

Por sua vez, Gastão Elias, que ocupa a posição 111 da classificação ATP, tem pela frente um dos valores promissores do ténis, o australiano Alex de Minaur, de apenas 19 anos, que recebeu o primeiro ‘wild card' da organização portuguesa e que em 2017 triunfou no ‘future' disputado na Póvoa do Varzim.

Aos jornalistas, o jovem australiano manifestou após o sorteio a sua expectativa pelo embate com Gastão Elias: "Vai ser um jogo difícil contra o tenista português, vamos ver o que acontece."

Por sua vez, Pedro Sousa tem pela frente um dos jogadores com mais currículo: Gilles Simon. Aos 33 anos, o experiente tenista francês está já longe dos seus melhores dias, ocupando o 70.º posto do ‘ranking’, numa carreira em que chegou a atingir a sexta posição da hierarquia do ténis mundial e na qual venceu 13 títulos.

A exceção ao ‘azar português' foi o mais jovem dos representantes lusos, Frederico Silva. O tenista português vai cruzar-se na primeira ronda com um dos elementos provenientes do ‘qualifying' que procuram uma das quatro vagas entre os 28 eleitos do quadro principal do torneio.

Entre os embates definidos pelo sorteio para a primeira ronda há ainda a destacar o confronto entre o veterano espanhol Pablo Andujar (153.º) e o grego Stefanos Tsitsipas (63.º), que está na final do torneio de Barcelona, e o duelo norte-americano entre Tennys Sandgren (49.º) e Frances Tiafoe (62.º).

O espanhol Pablo Carreno Busta, vencedor em 2017 e segundo cabeça de série, está isento da primeira ronda e vai estrear-se frente ao alemão Nicolas Kicker ou a um tenista vindo da qualificação.

Para o diretor do torneio, João Zilhão, o sorteio hoje realizado deu o "pontapé de saída para um grande Estoril Open, com "fantásticos duelos em perspetiva" entre "alguns dos melhores tenistas em atividade".

Já Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, manifestou a esperança no fim da chuva para permitir "excelentes partidas de ténis".

O quadro principal do Estoril Open disputa-se entre segunda-feira e domingo, no Clube de Ténis do Estoril.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.