Roger Federer e Serena Williams, dois dos tenistas mais titulados de sempre e perto de completarem 37 anos, continuam 'imparáveis' em Wimbledon e hoje asseguraram sem sobressaltos a passagem à quarta ronda do torneio inglês.

Num quadro feminino em que só já há uma inscrita do top-5, que é a líder do 'ranking' mundial, a romena Simone Halep, começa a admitir-se que a norte-americana Serena possa chegar bem longe, talvez até à final.

A única contrariedade para a agora 181.ª do 'ranking' - desceu muito por causa de ter sido mãe, em 2017 - é ter visto a sua irmã Venus (9.ª) ser eliminada pela holandesa Kiki Bertens (20.ª), por 6-2, 6-7 (5-7) e 8-6.

Ao contrário de Roland Garros, em Londres Serena foi poupada a jogar as qualificações, tendo-lhe sido atribuído um número relativamente baixo entre as favoritas.

Ainda não foi hoje que foi verdadeiramente 'testada', já que a francesa Kristina Mladenovic é só 62.ª e tem sido evidente que Serena se resguarda. Os números de hoje foram 7-5 e 7-6 (7/2), em uma hora e 49 minutos de jogo.

A heptacampeã vai agora defrontar a russa Evgenya Rodina, 120.ª do mundo e que vem das qualificações. Na terceira ronda, passou pela norte-americana Madison Keys, décima favorita e terceira mais bem posicionada tenista dos Estados Unidos, atrás das já despachadas Sloane Stepehens e Venus Williams.

Pleno de classe, Federer continua a 'correr' para o seu 21.º título de Grand Slam, nono em Wimbledon.

Também para ele, é muito claro a gestão de esforço, dominando o alemão Jan-Lennard Struff (64.º) em três sets e uma hora e meia de jogo, com os parciais de 6-3, 7-5 e 6-2.

O homem que se segue é o francês Adrian Mannarimo, um dos poucos do seu país que ainda permanecem no quadro.

Ainda da ronda anterior, adiado da véspera, era o confronto entre o alemão Alexander Zverev, quarto favorito, e o norte-americano Taylor Fritz (68.º).

Correu às mil maravilhas o adiamento para o germânico, que estava a perder por dois sets a um e acabou por vencer por três a dois, com parciais de 6-4, 5-7, 6-7 (0-7), 6-1 e 6-2.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.