O tenista suíço Roger Federer estreou-se hoje no Masters com um triunfo sobre o checo Tomas Berdych, por 6-4, 6-2, igualando o sérvio Novak Djokovic no topo do grupo Stan Smith.

Em Londres, o número três do mundo precisou de 70 minutos para derrotar o Berdych, sexto da hierarquia, num encontro que até começou mal para o suíço, que procura o seu sétimo título no torneio que encerra a temporada e que junta os oito melhores tenistas do ano.

O checo quebrou o serviço a Federer logo no jogo de abertura e chegou a estar a vencer por 2-0 no ‘set’ inaugural, mas apoiado no seu serviço (88 por cento de pontos ganhos no seu saque) o helvético deu a volta e venceu por 6-4, em 37 minutos.

Muito apoiado pelos 17.000 adeptos no pavilhão O2 em Londres, precisou de pouco mais de meia hora para vencer o segundo parcial e ficar mais perto das meias-finais.

No primeiro encontro do dia, Novak Djokovic, número um do ‘ranking’ mundial, ‘despachou’ o japonês Kei Nishikori, oitavo da hierarquia, por 6-1, 6-1, em 65 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.