O tenista português Francisco Cabral foi hoje eliminado na primeira ronda do quadro de pares do torneio de Sófia, sofrendo a segunda derrota ao lado do britânico Jamie Murray.

No segundo encontro ao lado do antigo número um mundial de pares e atual 31.º, Cabral, 47.º dessa hierarquia, foi derrotado pelos alemães Fabian Fallert (126.º) e Oscar Otte (55.º), por 6-4, 6-7 (5-7) e 10-6, em uma hora e 32 minutos.

Na estreia ao lado de Murray, Francisco Cabral também tinha perdido, então na primeira ronda do torneio de Metz, em França.

O britânico, de 36 anos, convidou o jovem portuense para jogar até ao fim do ano, com vista a tornar a parceria permanente em 2023.

O tenista de 25 anos decidiu abdicar da carreira de singulares para dedicar-se exclusivamente aos pares e é já o segundo melhor português de sempre na vertente, sendo suplantado apenas por João Sousa, que foi 26.º em maio de 2019.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.