Frederico Gil terminou a sua prestação no Genova AON Open Challenger com a certeza de regressar ao top 100. O tenista português, atual 106.º no ranking mundial, foi travado nas meias-finais do torneio dotado com um “prize-money” de 85 mil euros, pelo eslovaco Martin Klizan (103.º), ao fim de uma intensa batalha de três horas e dois minutos: 6-7 (3/7), 6-4 e 6-3.

«Foi o melhor encontro da semana em termos de nível de ténis, em especial no primeiro set, a minha melhor fase do encontro, em que impus o ritmo que quis. No segundo set, cheguei a 4-1 mas sem jogar muito bem. Senti-me um pouco cansado no final da segunda partida e fui-me abaixo por ter perdido esse set. Demorei até ao 0-3 do terceiro a reencontrar o nível, mas ele também jogou bem nessa fase final», disse Gil,

O próximo torneio de Frederico Gil será o ATP World Tour de Bucareste, no dia 19 de Setembro, a que se seguirá os “challengers” de Nápoles e Palermo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.