O veterano tenista francês Gilles Simon deixou, em declarações ao 'L'Équipe', duras críticas a Roger Federer pela forma como este terá, com o passar dos anos, deixado de se preocupar com os problemas da modalidade e com os seus colegas de profissão.

"Ainda sou do tempo em que Roger Federer se preocupava com os 'prize-moneys' e com questões relacionadas com os outros tenistas, mas isso perdeu-se um pouco ao longo dos anos", começou por lamentar Gilles Simon, de 35 anos, menos três do que o antigo número 1 mundial.

"É pena, porque se há uma voz que é ouvida com atenção… é a dele. Infelizmente, ele não é alguém muito presente nos problemas do ténis mundial neste momento", acrescento o tenista gaulês ao 'L'Équipe'.

*Artigo atualizado às 17h05

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.