O jogador natural do Porto, 294.º colocado no ‘ranking’ ATP, foi surpreendido pelo jovem adversário, de 20 anos, que figura no 1.115.º posto na hierarquia mundial, e acabou derrotado em três ‘sets’, por 3-6, 7-6 (8-6) e 6-1.

Oliveira, de 26 anos, venceu o primeiro parcial e recuperou de uma desvantagem de 1-4 na segunda partida, mas não resistiu ao ‘tie-break’ no segundo ‘set’ e, depois de assistido fisicamente em ‘court’, foi derrotado ao fim de duas horas e 15 minutos.

Consumado o desaire de Gonçalo Oliveira, após a desistência de Frederico Silva também na estreia, o ‘challenger’ de Sagóvia fica sem nenhum representante nacional em prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto