Os portugueses Gonçalo Oliveira, João Domingues e Tiago Cação apuraram-se hoje para os oitavos de final da ‘Challenger’ Maia Open em ténis, enquanto o compatriota Duarte Vale ficou pelo caminho.

Gonçalo Oliveira, atual 284.º colocado da hierarquia, impôs-se frente ao francês Maxime Hamou (538.º), com um duplo 6-2, ao fim de uma hora e três minutos, marcando, agora, encontro com o vencedor do duelo entre o também gaulês Geoffrey Blancaneaux (283.º) e o espanhol Nikolas Sanchez Izquierdo (314.º).

Já João Domingues (248.º), assim como Tiago Cação (487.º), entraram a perder nos encontros diante do francês Mathieu Percichot (436.º) e do austríaco David Pichler (598.º), respetivamente, mas deram a volta, com o jogador oliveirense a triunfar por 2-6, 7-6 (7-2) e 6-1 e o penichense por 2-6, 6-1 e 6-4.

Nos oitavos, Cação vai medir forças com o também luso Gastão Elias (227.º) ou o espanhol Eduardo Esteve Lobato (324.º), enquanto Domingues terá pela frente o vencedor do desafio entre Pedro Araújo (707.º) e o francês Calvin Hemery (370.º).

Destino diferente teve Diogo Vale (784.º), perante o romeno Nicholas David Ionel (435.º), que ainda permitiu ao luso a vitória no primeiro parcial, por 7-6 (7-1), porém, acabou por fazer a reviravolta nos ‘sets’ seguintes (6-3 e 6-2), em duas horas e 36 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.