O tenista português Gonçalo Oliveira e o checo Zdenek Kolar apuraram-se hoje para as meias-finais de pares do ‘challenger’ Lisboa Belém Open, a decorrer no Club Internacional Foot-ball (CIF), enquanto Pedro Araújo e Duarte Vale foram eliminados.

O portuense e o checo, terceiros cabeças de série, derrotaram nos quartos de final o dominicano Nick Hardt e o australiano Jason Taylor, por duplo 6-2, em apenas 55 minutos, para garantir a permanência na prova lisboeta do ATP Challenger Tour.

No encontro de acesso à final, Gonçalo Oliveira e o Zdenek Kolar, de 25 anos, vão defrontar o francês Manuel Guinard e o venezuelano Luís David Martinez, que hoje foram obrigados a jogar três ‘sets’ para superar o polaco Piotr Matuszewski e o checo Petr Nouza, por 4-6, 6-3 e 10-8.

Já a dupla 100% portuguesa, formada por Pedro Araújo e Duarte Vale, foi travada pelo indiano Jeevan Nedunchezhiyan e o indonésio Christopher Rungkat, quartos cabeças de série, que venceram por 6-4 e 6-1.

Na competição de singulares, o italiano Giulio Zeppieri bateu o compatriota Franco Agamenone por 4-6, 6-0 e 6-1, marcando encontro com o austríaco Filip Misolic nos quartos de final, após o triunfo deste ante o checo Vit Kopriva, por 2-6, 6-2 e 6-3.

Por seu lado, o italiano Marco Cecchinato, quinto pré-designado, derrotou o compatriota Gianluca Mager, por 6-1 e 7-6 (7-2), e vai enfrentar o vencedor do embate entre o espanhol Carlos Taberner e o sérvio Nicola Milojevic.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.