O português João Sousa, atual número 45 do ‘ranking’ ATP, admitiu que está confiante para uma boa prestação em Wimbledon, terceiro 'Grand Slam' da temporada de ténis, que tem início na segunda-feira.

“Eu acho que me tenho vindo a adaptar melhor à relva. Já fiz três torneios que servem de preparação para o terceiro 'Grand Slam' da temporada e sinto-me confiante. Sinto que tenho vindo a melhorar e isso é muito importante”, adiantou à agência Lusa.

Nas três semanas que antecederam o 'Grand Slam' inglês, o numero um português disputou o torneio holandês de Den Bosh, no qual caiu na segunda ronda, e os ingleses de Nottingham, caiu na terceira ronda, e do Queens Club, perdeu na jornada inicial.

O vimaranense espera agora tentar manter o nível demonstrado até aqui, para, à segunda participação, tentar ultrapassar a primeira ronda do torneio inglês.

“O importante é tentar conseguir jogar a um excelente nível, como tenho vindo a jogar em muitos momentos este ano. Há que continuar a trabalhar para que isso volte a acontecer no próximo torneio”, disse.

Para isso, Sousa admite que seria benéfico que o sorteio o ‘desviasse’ da rota dos ‘cabeças de série’ e principalmente dos principais favoritos, depois de ter perdido com o britânico Andy Murray nos dois 'Grand Slam' da presente temporada.

“Vamos ver o que o sorteio dita. Obviamente é sempre mais fácil jogar contra um jogador que não é cabeça de série, pois eles adaptam-se melhor a estas condições, mas vamos esperar para analisar”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.