O tenista português João Sousa considerou esta quinta-feira ter feito um encontro “digno de um ‘Grand Slam’” no encontro da segunda ronda do Open da Austrália, frente ao colombiano Santiago Giraldo, que venceu em quatro ‘sets’.

“Fiz um excelente encontro, joguei a um nível altíssimo, provavelmente foi uma das melhores vitórias da minha carreira. O Santiago também fez um excelente encontro”, disse o português, que venceu pelos parciais de 6-3, 7-5, 3-6 e 6-1.

Em declarações à sua assessoria de imprensa, o tenista português, 33.º da hierarquia mundial, considerou ter estado “muito bem, tanto no serviço, como no fundo do ‘court’” e referiu que o encontro foi disputado “com um ambiente incrível”.

Na próxima ronda, o português vai defrontar o britânico Andy Murray, segundo da hierarquia mundial, que hoje se impôs ao australiano Sam Groth em três ‘sets’, pelos parciais de 6-0, 6-4 e 6-1.

João Sousa, que vai disputar pela terceira vez a uma terceira ronda de um torneio do ‘Grand Slam’, admite conseguir na Austrália a primeira vitória sobre Andy Murray, com quem perdeu os seis confrontos disputados.

“Segue-se um jogador que já conheço muito bem, já o defrontei muitas vezes. Ainda não venci em nenhuma ocasião mas espero que seja desta vez, porque não aqui, na próxima ronda?”, referiu João Sousa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.