O tenista português João Sousa, eliminado na primeira ronda de qualificação para o Masters 1.000 de Cincinnati, desceu do 66.º para o 68.º lugar do ‘ranking’ mundial, hoje divulgado e que continua a ser liderado por Novak Djokovic.

O sérvio, que no sábado venceu o Masters 1.000 de Cincinnati, igualando o recorde de 35 triunfos em Masters 1.000 de Rafael Nadal, aumentou a diferença pontual para o espanhol, que optou por não participar no torneio.

Apesar de ter sido derrotado na final de Cincinnati, o canadiano Milos Raonic subiu do 18.º para o 12.º lugar da tabela, que não sofreu qualquer alteração no ‘top 10’, e na qual o austríaco Dominic Thiem continua na terceira posição, à frente do suíço Roger Federer, quarto.

A classificação feminina sofreu poucas alterações nos 10 primeiros lugares, registando-se apenas a subida da norte-americana Serena Williams, ao oitavo posto, e da japonesa Naomi Osaka, do 10.º para o nono lugar.

Osaka desistiu no sábado de disputar a final do torneio de Cincinnati devido a uma lesão muscular, ‘dando’ a vitória à bielorrussa Victoria Azarenka, que subiu 32 lugares no ‘ranking’, até ao 27.º lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.