O tenista português João Sousa lamentou hoje não ter alcançado as meias-finais do torneio de Antuérpia, mas destacou a qualidade do seu jogo na derrota em três ‘sets’ com o belga Ruben Bemelmans.

“Estou triste por não ter vencido. Penso que dependeu só de mim ter perdido ou vencido este encontro. A verdade é que tive muitas oportunidades para vencer, nomeadamente na resposta. Tive muitos 0-30, muitos pontos de ‘break’ que não consegui aproveitar, e depois as coisas igualaram-se”, analisou o número um nacional, citado pela sua assessoria de imprensa.

João Sousa, que hoje disputou uns quartos de final de um torneio ATP pela 25.ª vez na sua carreira, perdeu com o 98.º jogador mundial, por 4-6, 7-6 (7-2) e 6-4.

Depois de conquistar o primeiro ‘set’, com um ‘break’ providencial no nono jogo, o 61.º jogador da hierarquia ATP desperdiçou dois pontos para quebrar o serviço de Bemelmans no primeiro jogo do segundo parcial, acabando por perdê-lo no ‘tie-break’.

Sousa ainda dispôs de quatro ‘break-points’ no último jogo do terceiro ‘set’, mas o belga, a jogar em casa, conseguiu anulá-los, concluindo o encontro em duas horas e 22 minutos.

“Apesar de tudo, penso que fiz um bom encontro. Joguei a um bom nível e, pelo menos nesse aspeto, fico contente. Obviamente, poderia ter sido melhor, mas acredito que, nesta linha, possa fazer ainda melhores resultados”, considerou.

O vimaranense lamentou não ter conseguido chegar às meias-finais, mas revelou que, a partir de sábado, vai começar a preparar o seu próximo torneio, o de Basileia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.