Pela primeira vez na carreira, João Sousa está na final de um torneio do nível “challenger”. O número três português no ranking mundial, onde ocupa o 209.º lugar (a sua melhor classificação de sempre), mantém-se imparável em Furth e, hoje, derrotou, nas meias-finais, o croata Nikola Ciric (195.º), por 7-6 (7/5), 6-4.

No encontro de uma hora e 37 minutos, Sousa não enfrentou qualquer “break-point” e aproveitou a única oportunidade de que dispôs para “quebrar” o adversário e decidir o segundo set. No mês passado, o tenista nascido há 22 anos em Guimarães ganhou dois torneios “futures”, em Espanha.

Na final do torneio alemão, Sousa vai defrontar o alemão de 21 anos, Jan-Lennard Struff (282.º) .que entrou no quadro com um “wild-card”. A presença no derradeiro encontro do “challenger” dotado com um “prize-money” de 30 mil euros, garantiu desde já ao vimaranense, 2.500 euros e 48 pontos para o “ranking”, que o colocam muito perto de entrar no top 200.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.