O português João Sousa manteve hoje o 33.º lugar na hierarquia do ténis mundial, o que lhe vai permitir ser cabeça de série no primeiro ‘Grand Slam’ da época, o Open da Austrália.

Com a desistência já anunciada do francês Richard Gasquet, nono do mundo e campeão do Estoril Open, João Sousa será o 32.º pré-designado da prova de Melbourne.

A liderança continua nas ‘mãos’ do sérvio Novak Djokovic, que no sábado conquistou o 60.º título da sua carreira ao vencer na final do torneio de Doha o espanhol Rafael Nadal (quinto do mundo), por 6-1 e 6-2.

O segundo é o britânico Andy Murray, enquanto em terceiro continua o suíço Roger Federer, derrotado domingo na final de Brisbane (frente ao canadiano Milos Raonic), e em quarto o também helvético Stan Wawrinka, campeão no domingo em Chennai.

Entre os dez melhores tudo permanece na mesma até ao sétimo lugar, que passou a ser ocupado pelo japonês Kei Nishihori, que chegou aos quartos de final de Brisbane, enquanto o espanhol David Ferrer, derrotado na primeira ronda em Doha, caiu para o oitavo posto.

Em femininos, a norte-americana Serena Williams domina a classificação WTA, na qual verificaram-se quatro alterações no grupo das dez mais bem classificadas: Agnieszka Radwanska subiu a quarta, Maria Sharapova desceu a quinta, e a alemã Angelique Kerber subiu a sétima, por troca com Venus Williams, 10.ª.

A portuguesa Michelle Larcher de Brito, a mais bem posicionada do ténis feminino português, teve uma ligeira subida, do 226.º para o 222.º lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.