João Sousa tenta hoje fazer história no Estoril Open em ténis e tornar-se no segundo português a apurar-se para as meias-finais, na 23.ª edição, que decorre até domingo.

Depois de Frederico Gil, que só parou na final da edição de 2010, João Sousa, o número 140 do “ranking”, tenta agora um feito que apenas o atual 109.º jogador do Mundo conseguiu para o ténis português.

Com esta campanha até ao momento, João Sousa conseguiu atingir em Portugal o melhor resultado da carreira, igualando os feitos no Estoril Open de João Cunha e Silva (1992), Nuno Marques (1995), Frederico Gil (2006, 2008 e 2010) e Rui Machado (2010).

Para chegar às meias-finais, João Sousa terá de superar o espanhol Albert Ramos, o quarto cabeça de série (42.º da hierarquia), num encontro que começa às 13h30, no Centralito.

O quinto dia começa no Court Central, a partir das 10:25, com as meias-finais femininas. A primeira entre a italiana Roberta Vinci, a mais cotada jogadora em prova, e a estoniana Kaia Kanepi, sexta favorita.

A segunda vaga na final será discutida logo a seguir entre a espanhola Carla Suarez Navarro e a maior surpresa desta edição feminina, a italiana Karin Knapp, proveniente do “qualifying”.

Em masculinos, e para além de João Sousa, todas as outras atenções estarão focalizadas para a “final antecipada” entre o argentino Juan Marin del Potro, campeão em título, e o espanhol Albert Montantes, vencedor em 2009 e 2010.

No único confronto direto até ao momento, na edição de 2006 do torneio mexicano de Acapulco, Montanes levou a melhor, embora tenha beneficiado do abandono de Del Potro quando o resultado registava 6-2 e 5-3 a favor do espanhol.

Tal como Del Potro, também Montanes se apresenta como candidato ao troféu no Jamor. Mas, enquanto o argentino tenta integrar o grupo de bicampeões (quatro), o espanhol pode fazer história se ganhar este ano, já que ninguém, em 23 edições, conseguiu o “tri” no Jamor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.