A belga Kim Clijsters, antiga número um mundial, anunciou seta segunda-feira que o regresso ao circuito feminino de ténis está agendado para março de 2020, no torneio de Monterrey, no México.

Numa publicação na conta oficial da rede social Instagram, Clijsters revelou que espera disputar o torneio mexicano, entre 02 e 08 de março, seguido de Indian Wells (de 11 a 22 março), prova norte-americana que conquistou em 2003 e 2005, e de Charleston (entre 04 e 12 de abril), igualmente no Estados Unidos.

“Faltam apenas mais algumas semanas. Estarei pronta para regressar aos ‘courts’. Mal posso esperar”, afirmou a tenista, de 36 anos, num vídeo publicado no mesmo site.

Clijsters, que já tinha anunciado o regresso em setembro deste ano, esperava disputar o Open da Austrália, em janeiro, mas um problema no joelho acabou por adiar o retorno à competição.

Antiga líder do ranking WTA, a tenista belga retirou-se em 2012, com 41 títulos no currículo, incluindo três US Open (2005, 2009 e 2010), um Open da Austrália (2011) e três Masters (2002, 2003 e 2010).

Clijsters já tinha abandonado antes o circuito, em 2007, para ser mãe, mas regressou em 2009.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.