Petra Kvitova, parada desde dezembro depois de ter ficado ferida durante um assalto à sua casa, inscreveu-se, à condição, no torneio de Roland Garros, segundo ‘Grand Slam’ da temporada, informou a tenista checa na sua conta no Instagram.

Na mensagem publicada na rede social, Kvitova, operada a 20 de dezembro à mão esquerda, não garantiu em absoluto que disputará a ‘prova rainha’ da terra batida, mas inscreveu-se porque se sente “cada vez melhor”.

“Isto [a inscrição], infelizmente, não quer dizer que esteja em condições para jogar em Paris, mas estou a fazer tudo para ter essa opção”, escreveu a bicampeã de Wimbledon, terceiro ‘Grand Slam’ do ano.

Depois de ter sido atacada por um assaltante na sua casa, em Prostejov, a checa sofreu lesões nos cinco dedos e em dois nervos da mão esquerda, aquela que usa para segurar a raquete.

Na operação posterior ao assalto, os médicos suturaram os tendões dos dedos que foram feridos, numa operação que durou três horas e 45 minutos.

Kvitova figurava na altura no 11.º lugar da hierarquia. A checa continua com o ‘ranking’ protegido, em virtude da ausência forçada, ocupando atualmente o 14.º posto.

A próxima edição do torneio de Roland Garros está agenda entre 28 de maio e 11 de junho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.