O tenista australiano Lleyton Hewitt derrotou hoje o vencedor do Portugal Open de 2013, o suíço Stanislas Wawrinka, por 6-4, 7-5 e 6-3, e qualificou-se para a segunda ronda do torneio de Wimbledon.

O 11.º cabeça de série nunca conseguiu contrariar o antigo número um mundial, que em 2002 venceu o Grand Slam britânico, acabando por ser eliminado em duas horas e 12 minutos.

«É um sentimento fantástico. Eu sabia que era um encontro difícil. Perdi os últimos encontros renhidos com o Stan, ele é um jogador de qualidade. Sabia que tinha de chegar aqui e jogar realmente bem», disse Hewitt, que agora ocupa a 70.ª posição na hierarquia ATP.

O vencedor do Portugal Open ainda salvou cinco “match points”, mas não foi suficiente para evitar o afastamento precoce do terceiro torneio do Grand Slam da temporada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.