A tenista portuguesa Maria João Koehler mostrou-se hoje preparada para o «aliciante» desafio de enfrentar a jogadora da casa, a francesa Alize Cornet, na primeira ronda de Roland Garros, que começa no domingo.

«Estamos num `Grand Slam´, o que por si só aumenta o nível da competição. A juntar a isso, vou fazer a minha estreia frente a uma jogadora da casa, o que para mim só torna o desafio ainda mais aliciante e para o qual vou trabalhar no duro para ser recompensada com um bom resultado», disse a 103.ª jogadora mundial, citada em comunicado.

Há já dois dias em Paris, na companhia do treinador Nuno Marques, Maria João Koehler recebeu com motivação o nome da sua adversária.

«Não posso dizer que seja das jogadoras que conheço melhor em termos tenísticos, mas estou certa de que o Nuno vai traçar o melhor plano para abordar esta primeira ronda, que certamente será muito difícil, mas para a qual estou extremamente motivada – afinal, trata-se do meu primeiro Roland Garros da carreira», revelou a atleta do Clube de Ténis do Porto.

O dia do encontro entre a tenista portuguesa e Alize Cornet, 31.ª do "ranking" mundial, ainda não foi divulgado, mas, segundo as previsões da organização, a primeira ronda dos quadros principais deve ser jogada entre domingo e terça-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.