Dez meses depois do surpreendente título em Roland Garros, Francesca Schiavone voltou a competir em terra batida, em Estugarda, mas foi um regresso para esquecer. A italiana, que, no último no fim-de-semana, recusou jogar pela Itália na Fed Cup para melhor preparar a participação no Porsche Tennis Grand Prix, foi eliminada pela polaca Agnieszka Radwanska (14.ª WTA), que foi claramente superior à quarta jogadora do ranking, como atestam os parciais de 6-1, 6-3.

Enquanto a líder da tabela WTA, Caroline Wozniacki, levou uma hora para ultrapassar a eslovaca Zuzana Kucova (133.ª), por 6-1, 6-2, o torneio alemão perdeu mais quatro favoritas (Victoria Azarenka, Li Na, Jelena Jankovic e Marion Bartoli) mas viu quatro tenistas alemãs acederem aos quartos-de-final: Andrea Petkovic, Julia Goerges, Sabine Lisicki e Kristina Barrois. Azarenka que se pode queixar de azar, pois teve de abandonar lesionada no ombro direito, depois de vencer o set inicial.

Resultados de 4.ª feira:

Julia Goerges - Victoria Azarenka (n.º4), 4-6 e desistência
Andrea Petkovic - Jelena Jankovic (n.º7), 3-6, 6-1 e 6-3
Caroline Wozniacki (n.º1) - Zuzana Kucova, 6-1, 6-2
Sabine Lisicki - Li Na (n.º6), 6-4, 7-5
Samantha Stosur (n.º5) - Daniela Hantuchova, 6-4, 2-6 e 6-4
Agnieszka Radwanska - Francesca Schiavone (n.º3), 6-1, 6-3
Kristina Barrois - Marion Bartoli (n.º8), 6-4, 6-2
Vera Zvonareva (n.º2) - Anastasia Pavlyuchenkova, 3-6, 6-4 e 6-2

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.